quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Modelo vivo

Voltando a desenhar modelo vivo depois de algum tempo parado.

Nada muito detalhado, já que eram podes de 5 minutos.


O essencial era sintetizar a estrutura geral do tronco, o movimento do corpo e os pontos de apoio/tensão.


Esta é uma prática fundamental para o artista que trabalha com figura humana.
Mesmo a fotografia sendo um recurso válido e importante, os benefícios de tal exercício proporciona vai muito além dos resultados.

Reza a lenda que o grande pintor espanhol Goya (1746-1828) disse que um artista, vendo um homem cair de uma janela no terceiro andar de um edifício, deve ser capaz de concluir um desenho desse homem no momento em que ele atinge o chão.
Depois que li isto, nada me restou a fazer, a não ser me calar... e desenhar.