segunda-feira, 18 de julho de 2011

Natureza viva

"Sem título", grafite sobre sketchbook, 2011.

Nada melhor do que desenhar ao ar livre para começar bem minhas pseudo-férias.

Estive em uma chácara neste fim de semana, em um local que eu não sei onde fica, e acabei desenhando um rio que eu também não sei o nome (tá sabendo legal, né?!).

É verdade, não sabia de muita coisa além do fato de que é sempre bom curtir um momento bucólico para sair da rotina. Por isso, aproveitei que um dos meus sketchbooks estava comigo e sentei na beira deste rio e o desenhei sem pressa de terminar o que havia começado.

Quando estou em casa - ou mesmo na rua fazendo algum desenho de observação (ou não) - escuto música para me inspirar. E como geralmente eu ouço música eletrônica ou algum outro tipo de música mais agitada para dar um ritmo acelerado ao trabalho, muitas vezes me pego dançando, cantando e desenhando - ou melhor, as pessoas na rua é que me pegam assim. Quando percebo, já estou pagando aquele mico que me enche de vergonha... Mas eu sou forte, e resisto bravamente! Olho para frente - ou melhor, para o caderno -, finjo que nada aconteceu e continuo o trabalho.

Mas neste dia, como estava em um local mais afastado da cidade, sem aquela poluição sonora a todo instante, preferi não escutar nada além do som da própria natureza. O som dos pássaros cantando, das águas do rio passando, das folhas das árvores balançando com o vento... enfim, tudo o que não se escuta na cidade ditava o ritmo e servia de inspiração para cada traço.

Eu não sabia o nome do local e nem do rio, mas sabia - e deveria ter lembrado disto na hora - que sem protetor solar o pescoço fica bem queimado e sem repelente não é nada difícil de virar almoço de mosquitos e formigas - que, diga-se de passagem, eram muito grandes, quase do tamanho de aranhas (o que me deixava com um olho no padre e outro na missa). Acho que estou tendo alguma reação alérgica que nunca tive, pois estou com os pés muito inchados nos locais das picadas e com o corpo inteiro coçando...

Mas tá valendo.