quinta-feira, 12 de maio de 2011

Para lembrar de outras épocas

"Sem título", nanquim e caneta colorida sobre papel kraft (sketchbook).

Todas as pessoas grandes foram um dia crianças (mas poucas se lembram disso).
Antoine De Saint-Exupéry, em "O Pequeno Príncipe".

Um pouco de nostalgia não faz mal a ninguém. Essa manhã lembrando (não sei o porquê) do livro que não li na minha infância, mas que li depois de adulto com a criança que não morreu jamais em mim, fiz esse desenho rápido que me trouxe algumas boas lembranças e sensações.

Na verdade, não tive a intensão de ilustrar o livro - que para mim é o mais bem ilustrado que eu já vi. Apenas pensei nas pessoas que abandonaram pela estrada, em algum momento de suas vidas, talvez a melhor parte do que já foram.

Sempre há tempo de ser feliz como já se foi um dia. Basta se propor a isso...