terça-feira, 24 de maio de 2011

Bom começo


Esse final de semana foi de festa.

Empolgado com o quite de lápis de cor, giz de cera e canetinha que meu sobrinho Felipe de 4 anos ganhou, ele resolver presentear a família inteira com seus desenhos.

Apesar de eu não estar junto, recebi hoje o meu. Segundo ele, este desenho acima é a minha cama...

Para saber de quem era, ele me desenhou ali do lado e ainda escreveu - da maneira dele -  para quem era e o que significava cada coisa desenhada. E olha que a letra está melhor do que a minha.

O que achei mais curioso foi o que minha mãe contou. Ela me disse que quando ele estava desenhando, falou: "tenho que desenhar muito porque o tio Netinho é artista". Bom, espero que eu esteja passando alguma coisa boa para frente, nem que seja somente o prazer de segurar em um lápis, rabiscar uma folha e, com isso, fazer alguém feliz.