quinta-feira, 3 de março de 2011

Caryocar brasiliense

"Caryocar brasiliense", aquarela sobre
papel arches, 297 x 420 mm, 2011.

Ilustração científica do famoso fruto Caryocar brasiliense, da família Caryocaraceae, mais conhecido como pequi. Bom, para quem conhece, despensa comentários.

Mas para quem não conhece, vale dizer que ele é "ótimo" para a memória. A piada é velha, mas é realmente verdade. Diz-se que ele é bom para a memória porque quem o come passa o dia inteiro lembrando do gosto - e do cheiro também, claro.

Foi um dos trabalhos mais difíceis que já fiz. Não necessariamente por conta da dificuldade do desenho ou da pintura, mas por conta do cheiro que - para quem não gosta, como é o meu caso - é insuportável! Em ilustração científica, o ideal é sempre desenhar olhando para o modelo, e não apenas utilizando referência fotográfica. Logo, foram dois dias de desespero, ansiando como nunca o momento de terminar a prancha...

Seja como for, foi um mal necessário.

"Caryocar brasiliense" (detalhe).

E para quem nunca viu por dentro, detalhe ampliado do fruto. É sempre bom desejar muita atenção e cuidado para que os marinheiros de primeira viagem não o mordam, porque estes espinhos machucam um pouquinho. Minhas mãos que o digam...

"Caryocar brasiliense" (detalhe).