segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Projetos Futuros: A Cara de Brasília

Depois de muito trabalho, muita correria e muito cansaço, eu e mais quatro amigos - Clarissa Paiva, Fernando Nísio, Lauro Gontijo e Wesley de Souza - conseguimos um grande feito: fomos selecionados no Prêmio de Artes Plásticas Marcantônio Vilaça 2009!

Trata-se de um prêmio de nível nacional ligado a Fundação Nacional de Artes - FUNARTE - e ao Ministério da Cultura, que visa fomentar a produção artística e o desenvolvimento de novas obras em conjunto com instituições museológicas. Depois de ler o edital do concurso em uma disciplina que cursávamos no semestre anterior e com o apoio e orientação da Prof. Dra. Thérèse Roffman, formamos esse coletivo e decidimos nos inscrever com uma obra sobre o aniversário de Brasília. Para a nossa felicidade, nosso projeto foi aceito, notícia que não poderia ter vindo em melhor hora...

Depois de todos os tramites de documentação, bem como depois de um longo tempo de espera, agora é oficial. Começamos a nos reunir hoje e a obra tão pensada por nós começou a sair do papel. Por enquanto ainda não dá para falar sobre ela aqui porque é um pouco complexa de se explicar, mas muito em breve postarei novas informações.

Agora é colocar a mão na massa, e trabalhar muito...

sábado, 16 de janeiro de 2010

Ilustrando a leitura

Um exercício muito interessante é o de interpretar um texto através da criação de uma imagem. Entretanto, se às vezes reclamamos de um filme – que são várias imagens em movimento - baseado em um livro porque ele não foi fiel ao texto, imagine descrever toda uma história em apenas um quadro, ou toda uma poesia, com suas diversas interpretações, em apenas uma imagem...

Mesmo assim, resolvi arriscar e colocar a minha interpretação e o meu gosto pessoal para esta criação a partir deste texto maravilhoso escrito pela minha amiga Alinne de Paula Carrijo. Não posso deixar também aqui as minhas desculpas pela demora, já que ela me presenteou com este texto há alguns meses. Desculpa, Nine. Dá próxima vez serei mais rápido, eu prometo...

"Borboletas no Estômago", Lápis de cor
sobre papel, 297x420 cm, 2010.

Uma brisa leve perdida na imensidão, quase imperceptível, doce. Rapidamente, o delicado sopro mostra a que veio: as mãos suam gélidas e dormentes; o coração emerge num descompasso que não lhe é peculiar, a sensação explícita é de que vai sucumbir a qualquer instante; as pernas trêmulas parecem não aguentar a estrutura que cotidianamente suportam; por fim, aquele arrepio sutil que sobe das costas de encontro à nuca e daí, ah... daí não há mais como impedir: as sensações já ocupam cada célula do corpo e a mente converge todos os pensamentos a você. As borboletas que habitam o estômago não se contêm, precisam umas das outras para prolongar as sensações. Todas, juntas, ao mesmo tempo, provocando um colapso no corpo inteiro, uma mistura de prazer, medo, vontade, loucura, excitação e inocência. E a brisa, antes singela, agora é um turbilhão incontido de emoções. Falta o ar, falta o chão, falta você!

E, inesperadamente, as borboletas se acalmam, amenizam-se as sensações e a alma volta à tranquilidade habitual. Mas não se engane: a calmaria durará pouco tempo, porque, a qualquer momento, quando qualquer coisa remeter meu pensamento ao seu perfume, ao seu sorriso, à vibração da sua voz, ao toque leve das suas mãos sobre o meu corpo, as borboletas despertarão e, novamente, virão para mostrar o quão viva estou e o quanto eu sou feliz por ter você.

Alinne de Paula Carrijo, "Borboletas no estômago".

"Borboletas no Estômago" (detalhe).

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

É música!


Voltando a ativa em 2010, nada melhor do que começar o ano com música!

Para tanto, disponibilizo meu novo set eletrônico, com o que há de melhor na atualidade e com alguns lançamentos sensacionais... Ao todo, são 80 minutos de música para escutar e, claro, não ficar parado.

Como disse anteriormente em outro post, um set – ou mixtape – é uma sequência de músicas mixadas sem pausa, gravadas em uma única faixa, como se fosse uma música só.


Para escutar diretamente do blog, basta clicar na imagem acima. Se preferir fazer o download, clique em 4shared no menu do lado esquerdo do blog ou acesse o link diretamente no endereço netinhomaia.4shared.com.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Feliz Ano Novo!

"Auto retrato comemorativo", lápis de cor sobre papel, 2010.

Mais um ano começa, mais um se vai...

Falar sobre isso é sempre démodé, banal, repetitivo.

Mas o que realmente importa - pelo menos para mim - é desejar que cada um olhe para si mesmo e busque a cada dia ser uma pessoa melhor. Se não se pode mudar o mundo, seu país, seu estado, sua cidade, nem mesmo sua rua, mude o dia de uma pessoa com um olhar compreensivo, com um abraço caloroso, com uma palavra amiga.

Sejamos todos em 2010 mais humanos. Isso faz toda a diferença.

Um bom ano a todos.

Abraços.