sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Ho ho ho... Feliz Natal


Feliz Natal a todos!

Que esta seja uma época de paz, felicidade e harmonia, e que possamos, todos nós, entender o real sentido desta data que vai muito além do pensamento capitalista.

Sejamos pessoas melhores uns para os outros, capazes de perdoar e de pedir perdão, capazes de fazer a diferença nas pequenas atitudes... Sejamos, pois, o próprio Natal.

Boas festas!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Clipping: A Cara de Brasília no Correio Braziliense

Reportagem que saiu no Correio Braziliense (jornal impresso) e correioweb.com.br sobre a exposição A Cara de Brasília, por Nahima Maciel.



Para ler a reportagem, basta clicar na figura para ampliar ou acessar o link abaixo para ler direto do site:
divirta-se.correioweb.com.br/exposicao

A exposição fica aberta até dia 28 de janeiro, na Casa da Cultura da América Latina, Setor Comercial Sul, Quadra 4 Edifício Anápolis, de segunda a sexta, das 10h às 20h.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Pensamento da semana

"Na exata medida em que as máquinas se forem tornando mais eficientes e mais perfeitas, tornar-se-á igualmente claro que a imperfeição é a grandeza do homem."

Ernst Fischer, em A necessidade da Arte.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Exposição A Cara de Brasília


É com prazer que convido a todos para a exposição A Cara de Brasília, com abertura quinta feira, dia 16 de dezembro, as 19h30.

Como já citada anteriormente aqui no blog, a exposição mostrará a obra vencedora do Prêmio Marcantonio Vilaça de Arte Contemporânea.

A entrada é franca, e a presença de todos é muito bem vinda.
Demais informações estão no convite acima. Basta clicar para ampliar.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Natureza Íntima (estudo)

Natureza Íntima (estudo), grafite sobre Moleskine.

Mais um dos sketches feitos para a série Natureza Íntima. Nesse eu comecei a representar casais, coisa que já estou fazendo em aquarela.

Em breve postarei o primeiro trabalho pintado, mais bem composto e acabado que que estes, mas seguindo a mesma proposta.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Heliconius ethilla

"Heliconius ethilla", nanquim sobre papel, 2010.

Ilustração em nanquim (297 x 420 mm) da borboleta do cerrado Heliconius ethilla, da família Heliconiinae, feita para a disciplina de Ilustração Científica.

Lembro-me que quando comecei a aprender a técnica para ilustração em nanquim, a primeira coisa que pensei foi: “Deus me livre de fazer a prancha em pontilhismo! Isso dá trabalho demais...“ Eis que na semana seguinte a primeira boa nova que o professor anuncia é: “pessoal, não preciso nem falar que a prancha deve ser feita em pontilhismo, né?!”

Esta técnica – interminável, diga-se de passagem – quase me deixou maluco. Foram muitas horas de trabalho, acho que 3 dias ao todo. Utilizei a própria borboleta que faz parte da Coleção do Núcleo de Ilustração Científica da UnB, além de referência fotográfica. Mas por mais que as fotos sejam úteis, a lupa em cima do modelo é a melhor opção para se obter maior precisão. Doeu um pouco os olhos, principalmente para mim que não uso óculos, mas acabei acostumando.

"Heliconius ethilla" (detalhe).

Depois da cansativa labuta fiquei satisfeito. A prancha agora encontra-se acervada no Instituto de Biologia da Universidade de Brasília.

"Heliconius ethilla" (detalhe).

domingo, 7 de novembro de 2010

Pensamento da semana

"O artista exprime o sentimento, mas não do modo como o político vocifera ou o bebê ri e chora. Ele formula esse aspecto fugidio da realidade que comumente se considera amorfo ou caótico, ou seja, ele concretiza o reino subjetivo."

Susanne K. Langer, em Philosophy in a New Key, 1942.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Natureza Íntima 3 (sketch)

Natureza Íntima 3, ponta de prata sobre papel.

Mais um trabalho da série Natureza Íntima.
Este foi feito com ponta de prata, um dos materiais usados pelos renascentistas antes do grafite ter se tornado um material mais comum.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Pensamento da semana

"A arte capacita o homem para compreender a realidade e o ajuda não só a suportá-la como a transformá-la, aumentando-lhe a determinação de torná-la mais humana e mais hospitaleira para a humanidade."

Ernst Fischer, em A necessidade da Arte.

domingo, 17 de outubro de 2010

Natureza Íntima 2 (sketch)

"Natureza Íntima 2", nanquim e caneta colorida sobre papel.

Seguindo na mesma série do tópico anterior, Natureza Íntima, outro desenho/estudo de modelo vivo/morto.

Ironias a parte, os desenhos por enquanto estão sendo feitos no meu Moleskine com referência fotográfica.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Natureza Íntima 1 (sketch)

"Natureza Íntima 1", nanquim e caneta colorida sobre papel.

Desenho da minha nova série de trabalhos que estou começando a desenvolver, Natureza Íntima.

Nos próximos meses dedicarei boa parte do meu tempo para o crescimento dessa temática, bem como o aperfeiçoamento do conceito e da técnica. No momento ainda estou apenas no papel, mas partirei para a pintura a óleo em breve.

Para os trabalhos em papel, darei preferência para os grandes formatos. Contudo, não abandonarei - e nem deixarei de postar - os esboços feitos no velho e bom diário gráfico. Faz parte do processo e tem um valor sentimental muito grande.

domingo, 10 de outubro de 2010

Voltando. E de cara nova!

Voltando (mais uma vez)!

Antes eu achava complicado fazer mil coisas ao mesmo tempo. Depois descobri que mais complicado ainda é fazer com qualidade cada uma delas...
Por isso a minha ausência em tal recinto por tanto tempo.

Mas agora estou por aqui de novo, em um outro momento, com a caixola mais arejada e com novas ideias.

O blog está de cara nova e com algumas novidades. Uma delas são os links de outras redes das quais participo. Eles estão no menu ao lado na seção "Um pouco mais". Sintam-se a vontade para conferir, comentar ou aderir, se desejarem. Tentarei mantê-los também atualizados.

Mais uma vez, sejam bem vindos e, claro, voltem sempre.

Abraços.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Rebeca



Minha sobrinha Rebeca, na época com apenas 1 dia de vida.

Desenho feito para o sexto desafio semanal do Grupo de Ilustração Científica da UnB.
Tema: Jovem
Técnica: Carvão, pastel e sanguinea sobre papel craft.
Tamanho: 160 x 220 mm.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Insanidade




Desenho feito para o quinto desafio semanal do Grupo de Ilustração Científica da UnB.
Tema: Insanidade
Técnica: Carvão, pastel e sanguinea sobre papel craft.
Tamanho: 240 x 160 mm.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Ainda Há Esperança




Desenho feito para o terceiro desafio semanal do Grupo de Ilustração Científica da UnB.
Tema: Broto
Técnica: Lápis aquarelável a sobre papel.
Tamanho: 210 x 297 mm.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Bailarina




Desenho feito para o segundo desafio semanal do Grupo de Ilustração Científica da UnB.
Tema: Movimento
Técnica: Lápis aquarelável sobre papel.
Tamanho: 297 x 370 mm.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Paisagens



Estudo de paisagem utilizando apenas lápis de cor aquarelável (sem aquarelar) sobre papel Canso creme.
Tamanho A4.
2010.

domingo, 16 de maio de 2010

Exercitando

Estudo de Paisagem, grafite sobre papel Canson.

Estudo de uma paisagem que poderia, mas provavelmente não vai mais sair do papel.
Fazer o quê? É a vida...

domingo, 9 de maio de 2010

Autorretrato

"Autorretrato nº 128" caneta esferográfica
sobre papel Canson, 2010.

Mais um da série de autorretratos que venho desenvolvendo há algum tempo.

Mas dessa vez com caneta esferográfica, material simples, mas que pode dar um resultado interessante.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

"Missão dada é missão cumprida!"

Luana LLeras/UnB Agência

-->Finalmente terminamos a obra citada anteriormente em outro post, "A Cara de Brasília". Foram quase três meses de trabalho intenso, de longas jornadas de labuta cheirando a terebintina e óleo de linhaça, acompanhados de muitos calos nos pés, dor nas costas e de noites mal dormidas... Em contrapartida, foi um aprendizado ímpar, o qual levarei por toda a vida. A entrega da obra à Casa de Cultura da América Latina (CAL) foi realizada hoje, conforme mostra a foto acima tirada pela UnB Agência. A reportagem completa pode ser lida no endereço: http://www.unb.br/noticias/unbagencia/unbagencia.php?id=3169
A abertura da exposição está marcada para o dia 27 de maio de 2010 na CAL.
Em breve postarei informações mais detalhadas.

Não posso, contudo, deixar de citar aqui o meu agradecimento a todos que colaboraram direta ou indiretamente para que tal projeto desse certo: a minha mãe, irmãos e familiares; a minha querida namorada Layla, aos meus amigos mais íntimos Nine, Diego, Allan, Karine, Tiessa, Lauro e Wesley - e a todos os outros que deram aquela força; a Prof. Dra. Thérèse Roffman e a todo o pessoal da CAL que nos recebeu e acreditou na nossa ideia. A todos o meu muito obrigado.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Projetos Futuros: A Cara de Brasília

Depois de muito trabalho, muita correria e muito cansaço, eu e mais quatro amigos - Clarissa Paiva, Fernando Nísio, Lauro Gontijo e Wesley de Souza - conseguimos um grande feito: fomos selecionados no Prêmio de Artes Plásticas Marcantônio Vilaça 2009!

Trata-se de um prêmio de nível nacional ligado a Fundação Nacional de Artes - FUNARTE - e ao Ministério da Cultura, que visa fomentar a produção artística e o desenvolvimento de novas obras em conjunto com instituições museológicas. Depois de ler o edital do concurso em uma disciplina que cursávamos no semestre anterior e com o apoio e orientação da Prof. Dra. Thérèse Roffman, formamos esse coletivo e decidimos nos inscrever com uma obra sobre o aniversário de Brasília. Para a nossa felicidade, nosso projeto foi aceito, notícia que não poderia ter vindo em melhor hora...

Depois de todos os tramites de documentação, bem como depois de um longo tempo de espera, agora é oficial. Começamos a nos reunir hoje e a obra tão pensada por nós começou a sair do papel. Por enquanto ainda não dá para falar sobre ela aqui porque é um pouco complexa de se explicar, mas muito em breve postarei novas informações.

Agora é colocar a mão na massa, e trabalhar muito...

sábado, 16 de janeiro de 2010

Ilustrando a leitura

Um exercício muito interessante é o de interpretar um texto através da criação de uma imagem. Entretanto, se às vezes reclamamos de um filme – que são várias imagens em movimento - baseado em um livro porque ele não foi fiel ao texto, imagine descrever toda uma história em apenas um quadro, ou toda uma poesia, com suas diversas interpretações, em apenas uma imagem...

Mesmo assim, resolvi arriscar e colocar a minha interpretação e o meu gosto pessoal para esta criação a partir deste texto maravilhoso escrito pela minha amiga Alinne de Paula Carrijo. Não posso deixar também aqui as minhas desculpas pela demora, já que ela me presenteou com este texto há alguns meses. Desculpa, Nine. Dá próxima vez serei mais rápido, eu prometo...

"Borboletas no Estômago", Lápis de cor
sobre papel, 297x420 cm, 2010.

Uma brisa leve perdida na imensidão, quase imperceptível, doce. Rapidamente, o delicado sopro mostra a que veio: as mãos suam gélidas e dormentes; o coração emerge num descompasso que não lhe é peculiar, a sensação explícita é de que vai sucumbir a qualquer instante; as pernas trêmulas parecem não aguentar a estrutura que cotidianamente suportam; por fim, aquele arrepio sutil que sobe das costas de encontro à nuca e daí, ah... daí não há mais como impedir: as sensações já ocupam cada célula do corpo e a mente converge todos os pensamentos a você. As borboletas que habitam o estômago não se contêm, precisam umas das outras para prolongar as sensações. Todas, juntas, ao mesmo tempo, provocando um colapso no corpo inteiro, uma mistura de prazer, medo, vontade, loucura, excitação e inocência. E a brisa, antes singela, agora é um turbilhão incontido de emoções. Falta o ar, falta o chão, falta você!

E, inesperadamente, as borboletas se acalmam, amenizam-se as sensações e a alma volta à tranquilidade habitual. Mas não se engane: a calmaria durará pouco tempo, porque, a qualquer momento, quando qualquer coisa remeter meu pensamento ao seu perfume, ao seu sorriso, à vibração da sua voz, ao toque leve das suas mãos sobre o meu corpo, as borboletas despertarão e, novamente, virão para mostrar o quão viva estou e o quanto eu sou feliz por ter você.

Alinne de Paula Carrijo, "Borboletas no estômago".

"Borboletas no Estômago" (detalhe).

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

É música!


Voltando a ativa em 2010, nada melhor do que começar o ano com música!

Para tanto, disponibilizo meu novo set eletrônico, com o que há de melhor na atualidade e com alguns lançamentos sensacionais... Ao todo, são 80 minutos de música para escutar e, claro, não ficar parado.

Como disse anteriormente em outro post, um set – ou mixtape – é uma sequência de músicas mixadas sem pausa, gravadas em uma única faixa, como se fosse uma música só.


Para escutar diretamente do blog, basta clicar na imagem acima. Se preferir fazer o download, clique em 4shared no menu do lado esquerdo do blog ou acesse o link diretamente no endereço netinhomaia.4shared.com.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Feliz Ano Novo!

"Auto retrato comemorativo", lápis de cor sobre papel, 2010.

Mais um ano começa, mais um se vai...

Falar sobre isso é sempre démodé, banal, repetitivo.

Mas o que realmente importa - pelo menos para mim - é desejar que cada um olhe para si mesmo e busque a cada dia ser uma pessoa melhor. Se não se pode mudar o mundo, seu país, seu estado, sua cidade, nem mesmo sua rua, mude o dia de uma pessoa com um olhar compreensivo, com um abraço caloroso, com uma palavra amiga.

Sejamos todos em 2010 mais humanos. Isso faz toda a diferença.

Um bom ano a todos.

Abraços.