terça-feira, 21 de abril de 2009

Sejam bem vindos!

Entrem, sentem-se, sintam-se à vontade. A casa é nossa.


Finalmente, depois de muito tempo, estou colocando no ar (ou na net, como preferirem) um espaço para discutir, admirar e refletir sobre o universo artístico de um ponto de vista mais específico: o meu. Não creio que seja nem melhor nem pior que qualquer outro. É apenas o meu modo de ver, pensar e sentir sobre essa coisa com milhares e, ao mesmo tempo, nenhuma definição chamada Arte.


Um artista é formado por diversos fatores e é influenciado pelo mundo que o cerca. Não é um ser alheio a realidade, vivendo na sua subjetividade sem contato com os outros. Mesmo os artistas que têm um trabalho tão pessoal, tão único, tão “seu”, foram influenciados, em algum momento da vida, pelos pais, professores, amigos, namoradas, filhos, etc. Isso sem falar nos traumas, medos e angústias, que, acredito eu, juntamente com a curiosidade sobre o desconhecido, é o que move o mundo.


Meu objetivo maior é divulgar meus trabalhos, ideias, pensamentos, reflexões... Tudo que cerca o artista, no âmbito social ou individual. Por isso, aqui encontrão, além da minha poética pessoal, trabalhos de alguns artistas famosos ou nem tão famosos assim, trabalhos coletivos com amigos, dicas de músicas e downloads de sets musicais (coisa que adoro fazer), comentários sobre filmes e séries que tenham também essa relação mais próxima com a arte, seja pelo tema ou pela fotografia.


Tudo pensado para criar um ambiente virtual interessante, agradável, diversificado e atrativo. Um lugar para todos que queiram ver sempre algo novo, sair da rotina – assim como eu tento sempre – vendo novas idéias, novos olhares, novas perspectivas.


Para começar, irei colocando, aos poucos, trabalhos que fiz há algum tempo, sempre descrevendo todo o processo, desde a ideia inicial, passando pelas dificuldades e mudanças ocorridas durante a criação, até o resultado final. Claro, sempre que possível, explicando o real significado que aquela obra quis transmitir, já que ninguém é obrigado a compreender a mente do artista. É óbvio que isso nem sempre é possível, pois, assim como na literatura – na poesia, para ser mais específico – um trabalho quando pronto pode ser passível de diversas interpretações e não apenas restrito ao que seu criador quis representar.


Mais para frente, pretendo transformar o blog em um diário gráfico virtual, colocando, além do que já foi dito, todo o processo de criação em tempo real, documentando cada estágio do de um trabalho. Creio que será uma experiência bastante válida, tanto para mim quanto para quem acompanhar o blog, pois será, para vocês, como estar presente em todos os momentos criativos, podendo opinar e sugerir mudanças, colocando uma visão diferente sobre determinado trabalho antes que o mesmo seja concluído, sendo, quem sabe, modificado graças a uma ideia nova não pensada antes por mim.


Por fim, sem me alongar demais, espero que este seja um espaço onde todos se sintam sempre bem à vontade para visitar, comentar, criticar, sugerir novas ideias... Em síntese, espero que voltem sempre.


Desde já obrigado pela visita e, mais uma vez, sejam todos muito bem vindos!